Seja Bem Vindo ao site Cheio de Esperança

Principais causas de conflitos no casamento e como evitá-las

Rádio Advento | 11:00 AM |

Todos os casais, cedo ou tarde, tendem a repetir desafios que outros casais já tiveram, mesmo sabendo de determinados problemas.

Para evitar cair nas mesmas armadilhas que fazem com que marido e mulher se estranhem, eis aqui algumas dicas:

1. Não falar dos problemas do casamento para os outros.
Quando ele não conserta a torneira da cozinha que está precisando, e você faz um comentário com sua amiga. Ou sua sogra lhe pergunta do nada: “Como é que você e Paulo estão brigando sobre onde passar o final do ano?”, e você sabe que ele tem levado os problemas de vocês para outros.

Qual é o problema? Quando falamos mal de nosso cônjuge para outra pessoa, além de ser algo negativo, estamos abrindo um problema pessoal e facilitando assim que a outra pessoa dê palpite na sua vida. Nem sempre um palpite incentivará você a resolver o problema com seu cônjuge. E pode acontecer do boato virar uma bola de neve.

Solução: Respeite a privacidade de seu casamento e peça ao cônjuge para fazer o mesmo. Use de empatia e aprenda a ouvir, e sem se defender, tentem chegar a um acordo juntos.

2. Não sofrer em silêncio.
Seu marido chega tarde do trabalho com frequência e passa mais tempo no computador e tv do que com a família. Para evitar brigas, você simplesmente se cala e deixa ele fazer o que quiser ou faz um drama por atenção.

Qual o problema? Tão destrutivo quanto reclamar de tudo para os outros, é aguentar calado um comportamento que lhe machuca.

Solução: Diga o que pensa com educação, empatia, sutileza. Conversem com calma, e separem um tempo onde estejam relaxados e abertos pra ouvir o que o outro tem a dizer. Seja amoroso quando tiver que falar algo que o chateia. E aja da mesma forma.

3. Evite a distância progressiva.
A vida de casados muitas vezes envolve filhos, trabalho, estudos, que alguns casais passam dias sem conseguirem ter uma conversa olho no olho, mesmo quando chega a hora de dormir.

Qual o problema? Quando você elimina um tempo juntos de qualidade, corre o risco de ter uma relação muito casual, ou mesmo o sentimento de que não adianta ou precisa se esforçar mais. A rotina torna-se o leme da relação, e a individualidade e egoísmo crescem.

Solução: Corte as distrações e use o tempo para se reconectar ao cônjuge. Você não precisa perder as atividades dos filhos, mas pode usar o tempo assistindo-os juntos. Aproveitem para segurar as mãos, abraçarem-se ou caminharem um pouco. Separem também pelo menos 20 minutos antes de dormir para conversarem sobre o dia de cada um. Se a rotina diária for muito corrida e todos tiverem horários diferentes, separem um tempo semanal para ficarem a sós e se aproximarem novamente.

Boa vontade e dedicação são necessárias das duas partes. Manter o casamento intocável, saber resolver conflitos, e manter-se unidos num propósito é a chave para a boa convivência e felicidade duradouras.

Category: