Seja Bem Vindo ao site Cheio de Esperança

15 Dicas para ter dentes mais bonitos!

Rádio Advento | 5:00 AM |

dicas sorriso saudavel

Você concorda que nossos dentes são nosso cartão de visita, certo? Para mantê-los bonitos e saudáveis, a higiene adequada ainda continua sendo infalível na conquista de um belo sorriso. Mas você pode ir muito além! Selecionamos 20 dicas que podem ajudá-lo a ter um sorriso mais bonito e saudável.
1) Sorria e seja feliz: Quem diria que sorrir deixa o sorriso mais bonito, hein? Pois sim, um estudo revelou que a depressão interfere na saúde bucal. As variações hormonais da depressão ou até a preferência do doente de ingerir carboidratos e doces, em busca da compensação do prazer no paladar, facilitaria o surgimento de doenças na gengiva e de cáries.
2) Beba água: Quando sentir sede, beba água. Os refrigerantes e sucos contêm açúcares que ativam a proliferação de bactérias.
3) Beije na boca: Quando você beija, as glândulas salivares que ficam embaixo da língua e nas bochechas aumentam o estímulo de salivação. A saliva (que contém água, proteínas e sais minerais) combate a formação da placa bacteriana.
4) Fale mais: Falar ajuda a manter a boca limpa, porque produz saliva, a grande higienizadora bucal.
5) Espere 30 minutos: Escovar os dentes logo após as refeições, não é uma boa idéia, especialmente se você tiver consumido alimentos cítricos. É que o ácido corrói o esmalte dental e, se a escova e a pasta entram logo em ação, vão ajudar a destruir ainda mais essa proteção natural. O ideal é esperar de 20 a 30 minutos para fazer a higiene bucal.
6) Capriche na escovação: Escovar os dentes duas vezes por dia é suficiente, se você caprichar. O ciclo bacteriano dentro da boca atinge o seu pico a cada 12 horas. Mas fique esperto: a regra só vale para quem realiza a higienização completa, com escovação bem caprichada e fio dental.
7) Escove a língua: Às vezes não é um resto de alimento, problema de digestão ou um distúrbio na gengiva que causam o mau hálito. A língua é responsável por 80% desses casos, por acumular bactérias e restos de comida que não saem com a escovação dos dentes e bochecho com água. Terminada a limpeza dos dentes, abra a boca e mostre a língua ao espelho, observe que, do centro dela para trás, há uma camada esbranquiçada. Trata-se da placa bacteriana conhecida como saburra. Com um limpador específico ou com  a  escova, esfregue essa parte delicadamente até ela ficar da cor rósea da ponta da língua.
812) Dê preferência a cereais, vegetais e frutas: Os alimentos com fibras contêm menos açúcares e precisam ser mastigados mais vezes, o que estimula a produção de saliva.
9) Vitamina C: Diversos estudos mostram que a ingestão de vitamina C auxilia na formação do colágeno, presente na gengiva. Há indícios de que ela também atua nas mucosas, o que melhoraria a salivação. Mas se for tomar suco de laranja, peça um canudinho, pois ele tende a dissolver minerais na estrutura dos dentes, o que causaria impactos diretos na consistência do esmalte.
10) Emagreça: Uma pesquisa descobriu ligações entre uma bactéria na boca e a obesidade. Foram avaliadas 313 mulheres com sobrepeso ou obesidade de nível 1, e pesquisadores da Unicamp e do Instituto Forsyth, nos EUA, encontraram em 98% delas alta quantidade da bactéria Selenomonas noxia, enquanto 80% das voluntárias magras não tinham o micro-organismo. Os cientistas recomendam a visita frequente ao dentista e o cuidado com a higiene bucal diária, já que a Selenomonas noxia costuma ser encontrada em pacientes com periodontite.
11) Cuide mais na gravidez: Na gestação, o cuidado com os dentes deve ser dobrado. Afinal, além de você, a gengivite gravídica afeta o seu bebê. Um estudo da American Association for Dental Research aponta que grávidas com problemas periodontais têm duas vezes mais chance de dar à luz prematuramente.
12) Evite os alimentos escuros: É bom lembrar que o aspecto amarelado dos dentes não é necessariamente sinônimo de má escovação. O escurecimento é consequência da alimentação, dos hábitos e do passar dos anos. Os vilões mais conhecidos que você deve evitar: cigarro, café, refrigerante, vinho e chá-preto.
13) Faça um clareamento: A forma mais rápida e prática de ficar bem na foto é se submeter a um clareamento dental. Segundo a Sociedade Brasileira de Odontologia Estética, mais de 2 milhões de brasileiros já realizaram o tratamento. Há aparelhos que usam laser, leds ou luz ultravioleta para clarear o sorriso. Também existe o clareamento caseiro, em que o paciente usa uma moldeira com géis clareadores de baixa concentração. Quem tem sensibilidade pode optar por marcas com menor concentração do alvejante peróxido de carbamida — em torno de 7,5%.
14) Use-os com moderação: Dentes não foram feitos para rasgar embalagens, morder lápis ou segurar presilhas, isso pode levar à danificação do esmalte ou ao trincamento de dentes. Tenha cuidado também ao comer alimentos duros como o pé de moleque, milho de pipoca, e ao quebrar gelo.
15) Calma: O maior inimigo do corpo e da mente, o estresse também interfere na saúde bucal. Ele colabora para o aparecimento do mau hálito porque diminui a produção de saliva. Um estudo publicado no Journal of Periodontology também relaciona o mal a doenças da gengiva – e há indícios de que os estressados diminuem a frequência de escovação.

Category: