Seja Bem Vindo ao site Cheio de Esperança

Opa, ele fez de novo: Como perdoar o seu cônjuge

Rádio Advento | 5:42 AM |

O casamento não é simples. Duas pessoas de origens completamente diferentes, juntas todos os dias e noites para o resto de suas vidas. Inevitavelmente, as falhas emergem, as imperfeições são expostas, e as pessoas se machucam.

Todos têm dias bons e dias ruins. Todos se sentem mal-humorados de vez em quando. Fazemos coisas sem pensar que ferem aqueles a quem amamos. Precisamos perdoar e ser perdoados. Aqui estão algumas dicas que podem ajudar-nos a perdoar.

Reconhecer que seu cônjuge não é perfeito - nem você. Durante o namoro, mostramos o nosso melhor e tentamos esconder as imperfeições. Após o casamento, é impossível manter isso. Descobrimos rapidamente que nosso cônjuge não é perfeito. É importante lembrar que tampouco nós somos. Eu tento demonstrar ao meu marido a mesma paciência, a compreensão e o perdão que eu desejo que ele estenda a mim. Acredite, isso faz uma grande diferença.

Entender as origens de seu cônjuge.Sua esposa vem de uma família cheia de defeitos e manias. Ela certamente herdou uma boa parte deles e talvez não reconheça que seu comportamento é prejudicial ao relacionamento. Por exemplo, eu venho de uma família muito grande. Interrompemos muito uns aos outros durante as conversas, provavelmente porque é a única maneira de ser ouvido no meio da cacofonia. Meu marido costuma se sentir rejeitado ou sem importância quando eu o interrompo. No entanto, ele me perdoa, porque entende minhas razões.

Não levar para o lado pessoal. Seu marido provavelmente não está tentando ferir seus sentimentos. Se você puder perceber que suas ações não são intencionais, será mais fácil perdoá-lo.

Falar. Se algo o incomoda, diga a sua esposa. Não deixe evoluir para um problema maior do que realmente é. Se houve um mal-entendido, então você está dando a ela a oportunidade de esclarecê-lo. Se for um problema real, você está abrindo a porta para corrigi-lo. Escolha assuntos relevantes. Não traga à tona cada pequena coisa irritante. Tente usar essa dica na resolução de conflitos.

Não manter uma lista de erros ou remoer o passado. Todos nós temos um desejo inato de ser uma pessoa melhor. Seu marido está tentando melhorar também. Reconheça seu progresso e não traga os erros do passado para o seu problema atual. Você não quer que ele se sinta desanimado e desista. Conc
entre-se no assunto em questão e aborde-o diretamente.


Não retaliar. É da natureza humana querer revidar quando alguém nos machuca. Não o faça! Muitos casais acabam por cair em um ciclo vicioso de retaliação. Empilhar ofensas e dor uma sobre a outra, torna-se a regra. É muito mais fácil lidar com um problema de cada vez que tentar cavar através de camadas e camadas de danos.

Lembrar-se das boas qualidades de seu cônjuge. Eu admito. Às vezes algumas peculiaridades do meu marido me dão nos nervos, sem qualquer razão. Reconheço que o problema não é ele, sou eu. Então, para contrariar toda a negatividade que aflora em meu cérebro, busco me lembrar de todas as coisas maravilhosas sobre ele. E é uma lista bem longa. Isso me ajuda a soltar os sentimentos negativos e perceber que eu tenho a sorte de tê-lo em minha vida.

Escolher perdoar. O perdão começa na mente e termina no coração. Pare de fixar-se em suas próprias feridas. Dr. Gaila MacKenzie tem uma ótima técnica para ajudá-lo a deixar ir suas emoções negativas. Concentre-se no lado bom. Quando você se concentra no amor, respeito e apreço, você não dá espaço para a raiva e o ressentimento. Ore pedindo ajuda se você sentir que precisa.

Não se tornar uma vítima. Se o seu cônjuge continua a prejudicá-lo da mesma maneira, sem tentar mudar seu comportamento, você pode buscar aconselhamento profissional. Alguns comportamentos são inaceitáveis. Maus-tratos e infidelidades repetidas não podem ser aceitos. Um conselheiro matrimonial profissional pode ajudá-lo a reconhecer quando é hora de sair do casamento para sua saúde e segurança bem como de seus filhos.

O perdão é um presente que você dá ao seu cônjuge, ao seu casamento, a si mesmo. Praticar a arte do perdão traz a alegria, a paz de espírito e crescimento pessoal.

Category: