Seja Bem Vindo ao site Cheio de Esperança

Limpo por fora. Agora, por dentro…

Rádio Advento | 12:01 PM |


rostoQuando minha família morava no Rio de Janeiro, eu possuía um rádio amador. Eu o mantinha na cozinha, em cima do freezer. Quando viajávamos, eu sempre tirava o rádio da tomada e desconectava a antena.
Uma vez, quando estávamos de saída para uma viagem de uma semana, lembrei-me que não havia tirado o rádio da tomada. Corri de volta à casa, puxei o plugue e saí precipitadamente outra vez.
Mas eu tirei o plugue errado. Tirei o plugue do freezer… Por sete dias, então, um freezer cheio de comida ficou com a energia desligada em um apartamento abafado.
Quando voltamos para casa… adivinhe quem foi apontado como aquele que havia desligado o freezer – que portanto seria responsável por limpá-lo? Acertou. Assim, eu tive que trabalhar.
Qual é a melhor maneira de limpar um interior apodrecido? Eu sabia exatamente o que fazer. Apanhei um trapo e um balde de água com sabão e comecei a limpar o lado de fora do aparelho. Eu tinha certeza de que o odor desapareceria com um bom brilho. Então lustrei, poli e limpei. Quando terminei, o freezer poderia passar pela inspeção de botas dos fuzileiros navais. Ele estava reluzindo de tanto brilho.
Mas quando abri a porta, aquele freezer estava repugnante.
(Você está se perguntando, “Bem, que tipo de bobo faria isto?” Continue lendo e você verá.)
Não tem problema, eu pensei. Eu sabia o que fazer. Este freezer precisa de alguns amigos. Eu também iria cheirar mal, se tivesse a vida social de uma máquina em uma cozinha. Então dei uma festa. Convidei todos os aparelhos das cozinhas da vizinhança. Foi um trabalho duro, mas enchemos o nosso apartamento de geladeiras, fogões, micro-ondas e máquinas de lavar. Foi uma grande festa. Algumas torradeiras se reconheceram da loja de eletrodomésticos. Todos brincaram de fixar o plugue na tomada e deram boas risadas sobre garantias limitadas. Mas foram os liquidificadores que fizeram sucesso. Eles realmente misturaram bem.
Eu tinha certeza que a interação social curaria o interior do meu freezer, mas eu estava enganado. Eu o abri e o mau cheiro estava ainda pior!
E agora?
Tive uma ideia. Se um polimento não tinha adiantado, e a vida social não ajudou, eu daria ao freezer uma posição social!
Comprei um adesivo da Mercedes-Benz e o grudei na porta. Pintei uma gravata de cores vivas na frente. Coloquei um adesivo “Salvem as baleias” na parte de trás e instalei um telefone celular na lateral. Aquele freezer estava chique. Estava elegante. Estava… bacana. Joguei uma colônia sobre ele e lhe dei um cartão de crédito e um tapinha nas costas…
Então abri a porta, esperando ver um interior limpo, mas o que vi estava pútrido – um interior fedorento e repulsivo.
Só pude pensar em mais uma opção. O meu freezer precisava de um prazer de “alta-voltagem!” Eu imediatamente comprei para ele alguns exemplares da revista Playgeladeira – a publicação que mostra freezers com suas portas abertas. Aluguei alguns filmes sobre eletrodomésticos manhosos… E, até mesmo tentei marcar um encontro com o freezer Westinghouse da vizinha, mas ela lhe deu de ombros.
Depois de alguns dias de entretenimento e sobrecarga por horas, abri a porta. E quase fiquei doente.
Eu sei o que você está pensando. A única coisa pior que o humor do Max é o seu bom-senso. Quem iria se concentrar no lado de fora quando o problema está no lado de dentro?
Você quer mesmo saber?
Uma dona de casa luta com a depressão. Qual é a solução sugerida por uma amiga bem-intencionada? Compre um vestido novo.
Um marido envolvido em um caso amoroso que lhe traz tanto aventura quanto culpa. A solução? Mude de companhias. Saia com pessoas que não façam com que você se sinta culpado!
Um jovem profissional é atormentado pela solidão. A sua obsessão pelo sucesso o deixou sem amigos. Seu chefe lhe dá uma ideia. Mude o seu estilo. Faça um novo corte de cabelo. Ostente algum dinheiro.
Caso após caso, tentativas de tratar o lado de fora enquanto se ignora o lado de dentro – polir o exterior enquanto se ignora o interior. E qual é o resultado?
A dona de casa compra um vestido novo, e a depressão desaparece… por um dia, talvez. Então a sombra volta.
O marido encontra um bando de companheiros que aprovam o seu adultério. O resultado? Paz… até que todos vão embora. Então a culpa volta.
O jovem profissional consegue um novo visual e as pessoas notam… até que a moda mude. Então ele tem que sair correndo e comprar mais coisas para que não pareça fora de moda.
O exterior polido, o interior enferrujado; o lado de fora transformado, o lado de dentro hesitante. Uma coisa está clara. As mudanças cosméticas são apenas superficiais.
Você só muda sua vida, mudando seu coração.
(Texto de Max Lucado, da obra The Applause of Heaven).
Via : Amilton menezes
E isso você não consegue fazer: É Jesus quem faz este milagre. Por que não pedir isso, agora?

Category: