Seja Bem Vindo ao site Cheio de Esperança

Interferência na comunicação com Deus

Rádio Advento | 10:51 AM |

interferenciaDepois que nos tornamos cristãos, cometemos pecados. O que fazemos com eles? Vivemos com eles? A resposta é que nos livremos deles. Deus dá aos cristãos a fórmula: “Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça” (I Jo 1:19, o grifo é meu). Esse versículo da Escritura é dirigido aos cristãos, para nos dizer que podemos ser purificados e preparados para uma vida de oração intercessora eficaz.
Mesmo os pecados pequeninos podem atrapalhar nosso sistema de comunicação. Tentamos nos comunicar com Deus e há algo no caminho. Pode ser uma atitude, uma palavra falada. Deus deseja que essas coisas sejam removidas. Ele não deseja que nada permaneça em nós e Sua pessoa. Se permanecer, a culpa é nossa, não dEle, se Seus ouvidos permanecerem fechados à nossa oração.
Uma querida senhora protestou contra isso. Disse ela:
- Não gosto disto nem um pouco, este negócio de limpar a minha vida antes que possa ser uma intercessora boa, forte e poderosa.
Contrapôs outra:
- Eu não. Tenho gêmeos em idade pré-escolar, e não importa quanto eu limpe a minha vida antes de sair para esta reunião de oração; até eu chegar aqui com os dois no carro, há alguma atitude que tenho de limpar antes que eu possa orar pelos outros.
Descobri mais tarde que aquela que protestou tão veementemente abrigava um pecado grave em sua vida. Ela não gostava deste processo, mas ele é muito definido na Palavra de Deus. Eis, então, o primeiro pré-requisito – nada entre nós e Deus quando nos aproximamos da oração intercessora. (Escrito por Evelyn Christenson)
Obrigado, Senhor, por me purificar dos pecados que acabei de confessar conforme prometeste em I João 1:9 e por me qualificar para a oração intercessora eficaz.

Category: