Seja Bem Vindo ao site Cheio de Esperança

Onde estão os figos?

Rádio Advento | 4:10 AM |

figosParábola é uma história terrena com um significado celestial. Jesus usou tais histórias para apresentar a verdade eterna em linguagem inesquecível. A parábola da figueira (Mc 11) é, de muito, a mais difícil de interpretar, se olharmos para as circunstâncias sem indagar o que Jesus estava tentando comunicar aos discípulos.
Era a estação da Páscoa, o início da primavera. As figueiras produziam folhas no início de março, mas não davam fruto até o final de maio ou junho. Como é que Jesus podia esperar que a árvore realizasse algo contrário à sua natureza? Por que é que Ele ficou perturbado e por que proferiu palavras de condenação?
Vê-se claramente que a figueira representava Israel. Como a árvore, Israel apresentava sinais do fruto da fidelidade a Deus. Deus havia cultivado e cuidado de Israel por centenas de anos. Nas crises, Israel havia clamado pela ajuda de Deus, e Ele sempre fora fiel e justo em responder além da expectativa do povo. Mas a nação não aprendia. Logo se esquecia dos milagres, das vitórias e das bênçãos materiais de Deus, e perdia a verdadeira comunhão com Ele no formalismo dos ritos e cerimônias. Exteriormente, Israel parecia o povo de Deus, mas no coração do povo não havia o fruto de confiança e obediência. Deus havia abençoado o Seu povo para que este partilhasse o amor e o poder divinos como o mundo. Em vez disso, Israel tornou-se introvertido, separatista e egoísta.
E o leitor? É você como a figueira? E a igreja? Em que medida temos partilhado com os outros os recursos do amor gracioso de Deus? 
 (Escrito por Lloyd Ogilvie)

Category: