Seja Bem Vindo ao site Cheio de Esperança

Deus quer Se revelar a você

Rádio Advento | 6:05 AM |


Desde que o pecado entrou no mundo, nossa maneira de conhecer a Deus foi afetada. Em 1 Coríntios 13:12, Paulo diz: “Porque, agora, vemos como em espelho, obscuramente, então, veremos face a face. Agora, conheço em parte, então, conhecerei como também sou conhecido.” Muito da maneira como enxergamos a Deus foi formado lá na infância. E não só a imagem dEle sofreu influência de nossas experiências de criança, mas também nosso caráter e a maneira como nos relacionamos uns com os outros. Todos veem Deus de uma forma diferente e, consequentemente, se relacionam com Ele de forma também diferente. Alguns até rejeitam a imagem de Deus que lhes foi apresentada e preferem dizer que Ele não existe. Pode ser que não estejam rejeitando a Deus verdadeiramente como Ele é, mas a ideia errada que lhes passaram ou que construíram.

No livro A Ciência do Bom Viver, Ellen White escreveu: “As lições aprendidas, os hábitos formados durante os anos da infância, têm mais que ver com o caráter e a direção da vida do que todas as instruções e educação dos anos posteriores” (p. 380). Tudo começa com o vínculo afetivo entre a mãe e o filho. Embora sem entender cognitivamente o que é certo e errado, o amor, o carinho, o aconchego e ter as necessidades básicas atendidas, tudo isso forma a base para uma consciência saudável. O amor pelos pais é a primeira motivação para aprender as regras sociais (certo e errado) e transferirmos a imagem dos pais para Deus. (Pessoas que não tiveram vínculo afetivo apresentam distúrbios comportamentais, como os psicopatas.)

Deus nada tem que ver com relativismo. Pode ser que a influência de suas experiências tenha moldado uma imagem errada de Deus, mas Ele quer revelar a você como Ele realmente é. Pode ser que no início você até se decepcione e suas expectativas sejam frustradas, mas Deus sempre acaba nos surpreendendo com Seu amor.

O mais interessante, porém, é que Deus procura a melhor maneira de chegar ao nosso coração para ser compreendido. Deus é paciente e misericordioso. Em cada etapa da história humana, podemos perceber que Ele utilizava a melhor maneira de Se apresentar, levando em conta a cultura das pessoas. Jesus contou muitas parábolas envolvendo o cotidiano dos ouvintes e fez comparações com o reino do Céu.

Deus faz isso individualmente, também. Ele conhece sua história e sabe o que pode tocar seu coração. Mas você precisa querer ouvir.

Não há nada que cause mais impacto do que ouvir a voz de Deus falando com você. Saber que o Deus do Universo Se importa com você! Podemos ouvir um testemunho maravilhoso, saber que Ele curou ou ressuscitou alguém, mas ter um pequeno sinal de que Ele nos vê será mais importante para mudar em nossa vida o que parecia impossível.

Sem a Bíblia, tudo fica confuso. Cada um pode falar que Deus é de um jeito ou de outro. Eu vivi assim: confusa e insegura. No meu lar não havia Bíblia. Meu pai era evolucionista e cria no espiritismo. Minha mãe foi criada por freiras em um orfanato católico e acabou depois se distanciando da religião. Mas, graças ao bom Deus, fui alcançada por Ele e pude ajustar minha compreensão a respeito do amor do Criador. Continuo aprendendo sobre isso dia após dia, ano após ano. E cada vez me apaixono mais por Ele.

(Débora Borges é pedagoga)

Category: