Seja Bem Vindo ao site Cheio de Esperança

Homens e pais: Como honrar e servir sua família

Rádio Advento | 4:06 PM |

A sociedade tem mudado alguns comportamentos quanto às obrigações e papel tanto do homem como da mulher, algumas dessas mudanças são benéficas e representam o progresso da sociedade. A mulher ganhou maior visibilidade e espaço profissional, isso faz com que elas se tornem mais autossuficientes e independentes dos maridos, faz com que possam auxiliar no orçamento doméstico e assim proporcionar maiores oportunidades e educação para os filhos. Porém, esse auxílio que é oferecido pela mulher, não deve ser confundido com inversão de papéis; a responsabilidade de prover segurança, educação, alimento e saúde é do homem que é tradicionalmente o chefe e provedor da família. Claro que em uma circunstância atípica a mulher pode tomar a frente e prestar mais que um auxílio em um momento de desafio ou necessidade, mas isso não isenta o homem das suas obrigações.

Infelizmente, o mundo ainda vive um paradigma de machismo onde é dito que o homem não pode auxiliar em tarefas domésticas como cozinhar, passar ou limpar a casa; e se fizer isso é diminuído em sua masculinidade. Mas na verdade isso reforça ainda mais o seu papel como provedor da família, pois assim demonstra preocupação e auxílio para com as pessoas que estão sob o seu cuidado. Isso também aumenta a admiração que a esposa tem pelo marido.

Algumas das coisas práticas que podem ser feitas inclui:

1. Fazer antes que seja pedido. Não espere que sua esposa ou seus filhos lhe peçam que você faça ou dê algo que eles precisem; assim que você identificar essa necessidade, vá e faça o que for preciso.

2. Colocar os membros da família em primeiro lugar. Uma responsabilidade do provedor é colocar os membros da família sempre em primeiro lugar, mesmo que isso implique em sacrificar algumas coisas que lhe seria mais agradável; nem sempre é fácil colocar seus desejos ou necessidades depois dos de outra pessoa, mas esse é um exercício que deve ser feito para se assegurar o respeito da família.

3. Preocupar-se com o bem-estar individual. Cada membro da família possui necessidades diferentes uns dos outros, mesmo filhos que tenham a mesma faixa etária precisam de coisas diferentes. Para se identificar essas necessidades é preciso passar um tempo de qualidade com cada um e então se preocupar e empenhar-se em proporcionar esse bem-estar individual.

4. Não se acomodar. O homem tem a responsabilidade de conduzir a família ao progresso, então não pode se permitir cair na zona de conforto. Isso quer dizer que deve continuamente procurar melhores oportunidades profissionais, deve continuar a estudar para se atualizar ou mesmo para desenvolver novos talentos; isso abrirá muitas portas e fará com que os filhos façam o mesmo ao trabalharem e estudarem.

5. Ter um plano b. É importante fazer um plano do que deve ser feito, assim como é importante também ter um plano b. Pense nas possibilidades que estão além do seu controle e encontre soluções para essas coisas que podem acontecer com você ou sua família.

6. Ter uma reserva. Como provedor o homem deve proporcionar o sustento da família. Porém, todos estão sujeitos a acontecimentos que não podemos controlar. Por isso é importante ter uma reserva tanto financeira quanto de suprimentos como alimento, higiene pessoal etc... Dessa forma você estará prevenindo sua família de possíveis momentos de desafio.

Tão importante ou até mais importante que prover necessidades físicas e materiais é satisfazer necessidades espirituais, nisso se faz necessário conduzir a família em caminhos corretos ensinando os filhos a serem honestos, respeitosos, trabalhadores, bons, estudiosos etc... Grande parte disso só se pode prover pelo exemplo.

Category: