Seja Bem Vindo ao site Cheio de Esperança

Não endureça o coração!

Rádio Advento | 5:28 AM |


coracao_duroJudas teve as mesmas oportunidades que os outros discípulos. Foi alcançado pelo amor de Jesus como o foi Pedro à beira-mar ou Mateus na banca dos cobradores de impostos. Talvez o temperamento do egoísta Pedro e do explosivo João, o filho do trovão, fosse pior que o de Judas. Só que todos estes um dia foram sensíveis à voz de Jesus e acudiram a Ele levando seu caráter deformado pelo pecado, sua personalidade desfigurada pelos traumas e complexos de seu passado cheio de episódios vergonhosos.
A tragédia de Judas não se deveu à falta de oportunidades. Assim como os outros onze, ele teve a oportunidade de conviver diariamente com Jesus, mas não obedeceu a Sua voz, foi endurecendo lentamente seu coração, brincando com as coisas santas e sem perceber entrou na terra de ninguém, no vale da insensibilidade, no país sem retorno.
“Quem se endureceu contra Ele e ficou seguro?” (Jó 9:4). Muita gente fica confusa quando alguém que estudava e pregava a Palavra de Deus, de repente cai e se afasta completamente dos caminhos de Jesus. Cair, embora seja uma experiência dolorosa e até trágica, não seria problema, porque no momento em que o ser humano tira os olhos de Jesus pode afundar no mar da vida como Pedro. Mas, como entender o fato de alguém não querer saber mais nada de Jesus e até voltar-se contra Deus, Sua doutrina e Sua igreja?
Quase sempre, por trás de toda atitude semelhante existe uma história de endurecimento gradual. Ninguém abandona Jesus e Sua igreja de um momento para outro. A voz de Deus, que não é outra coisa senão o trabalho que o Espírito Santo faz no coração, sempre está falando, mas o homem começa a brincar com ela. Ouve, mas não a atende. Familiariza-se, mas não a respeita. Estuda a Palavra, mas não lhe obedece, conhece a luz, mas não a segue. E qual é o fim? Ninguém pode estar seguro longe da orientação divina. “Quem se endureceu contra Ele e ficou seguro?”
A única segurança do homem é deixar-se guiar pela voz do Espírito Santo e a única segurança da igreja também está aqui. Esta igreja triunfará, tenha certeza disso. Não será por causa de uma profecia que anuncia sua vitória, mas na medida em que ela permitir ser guiada pelo Espírito Santo. A segurança desta igreja não está nos seus prédios, nem instituições, nem nos homens brilhantes que possa ter, nem nos métodos, por mais bíblicos que sejam. Ela triunfará só na medida que em que todos, líderes e liderados, formos sensíveis à voz de Deus, porque ninguém se endureceu contra Ele e permaneceu seguro.
O fim de Judas foi trágico. Quando viu que tudo estava perdido, quando contemplou seus planos humanos irem ao chão e enxergou a insensatez de ter-se endurecido contra Deus, o sentimento de remorso e desespero tomou conta dele. Foi e enforcou-se. Final triste para alguém que conviveu com Jesus, mas nunca quis ouvir-Lhe a voz. 
(Escrito pelo Pr. Alejandro Bullón)

Category: