Seja Bem Vindo ao site Cheio de Esperança

Como consolar alguém com depressão

Rádio Advento | 4:02 PM |

Definição de depressão no solo: abaixamento de nível, causado por peso ou pressão, terreno mais baixo que o que lhe fica aos lados.

É interessante notar como essa definição se assemelha à depressão que ocorre nos seres humanos, a pessoa acometida por este mal, sente-se abaixo do nível em que deveria ou gostaria de estar, suprimida por pesos ou pressões não visíveis e muitas vezes difíceis de identificar. E o ponto de vista de alguém deprimido fica tão limitado quanto ao de um viajante preso em um buraco, pois seu terreno é rebaixado e tudo ao redor parece mais alto.

Como é possível ajudar alguém que se encontra nessa situação? Seguem abaixo 7 dicas:

1. Deixá-lo sozinho o menos possível. Uma pessoa deprimida precisa de companhia, se houver mais amigos disponíveis para ajudar, organize um rodízio e estejam presentes. Se isso não for possível, faça-se presente através de bilhetes escondidos em lugares estratégicos para serem encontrados ao longo do dia, e/ou de telefonemas.

2. Tire-o de seu ambiente diário. Leve-o para dar uma volta, mesmo que seja uma volta no quarteirão! A pessoa deprimida normalmente não sente vontade de sair, mas precisa; tomar um ar e ver coisas diferentes ajuda a tirar o foco do que lhe deprime.

3. Faça perguntas que o estimulem a desabafar e esclarecer as ideias. É comum a depressão confundir a mente, o ato de verbalizar os pensamentos pode ajudar a colocar cada coisa em seu lugar. Procure não julgar ou controlar a conversa, mas não deixe de discordar gentilmente do que for necessário.

4. Cuide para garantir uma alimentação eficiente. Uma nutrição deficiente afeta o humor de qualquer um! É aconselhável aumentar o consumo de frutas, legumes e verduras, bem como o de água e diminuir os farináceos e frituras. Ocasionalmente, um pouco de chocolate pode ajudar, com muito cuidado para não exagerar.

5. Incentive e estimule fortemente a prática de atividades físicas. Isso é geralmente a última coisa que ele/ela vai querer, mas é uma das melhores soluções. Caminhadas, natação, dança, ginástica aeróbica, esportes em grupos, etc. Quanto mais movimento, melhor. É claro que se a pessoa não está acostumada deve começar aos poucos, mas a continuidade aumenta a capacidade, e essa transformação fortalece a autoestima.

6. Servir como voluntário. Seja em organizações como orfanatos, asilos ou hospitais é uma ótima maneira de parar de pensar nos próprios problemas e enxergar melhor o que temos de bom. A pessoa que ajuda outras e se sente útil dificilmente ficará deprimida.

7. É preciso reconhecer que todos temos momentos em que nos sentimos para baixo, mas tristeza não é o mesmo que depressão. Se todas as dicas anteriores não funcionarem, e a situação persistir por um período prolongado, pode ser necessário um tratamento com um profissional psiquiátrico. Algumas pessoas precisam de medicamentos para ajudar a controlar o que sentem, mas conciliá-los com as práticas acima pode diminuir o tempo desse tratamento e encaminhá-lo a autossuficiência emocional.

Category: