Seja Bem Vindo ao site Cheio de Esperança

Vai terminar o namoro? Aprenda a seguir em frente . . .

Rádio Advento | 10:30 AM |

Vai terminar o namoro? Aprenda a seguir em frente..

Diariamente recebo em minha caixa de mensagens testemunhos de usuários sobre términos de relacionamentos. São experiências vividas pelos dois lados, tanto daquele que rompe com a relação, tanto daquele que sofre a ruptura. Nos dois casos existe o sofrimento em algum nível e em graus variados. Mesmo aquele que optou por terminar sofre por, muitas vezes, não saber se o fez da melhor forma, enquanto outros questionam se agiram corretamente ou se poderiam ter feito algo diferente, algo que evitasse a dor.  
 
O fato é que não existe forma ideal ou indolor de terminar uma relação, mas existem meios mais sutis e cuidadosos de fazê-lo. 6 opções que podem ajudar nessa situação tão complicada: 
 
1- Ser verdadeiro e dizer quando os sentimentos e planos mudaram 
Não adianta tentar insistir quando perceber que a convivência já não é mais a mesma e nem tão feliz e satisfatória como antes. Quando isso acontece tentativas demais podem ser desgastantes e acabar causando irritação o que leva a rompimentos complicados. Portanto saiba seus limites para não descontar no outro suas frustrações. Diga que o interesse que sentia foi mudando e que precisa ficar sozinha para colocar os sentimentos em ordem. 
 
2- Admitir se não estiver disponível emocionalmente 
Algumas vezes acontece de conhecer uma pessoa, tudo correr relativamente bem, mas mesmo assim não se sentir entusiasmado. Nesse caso o recurso é ser sincero e dizer que apesar dos bons momentos, prefere seguir sozinho para não criar falsas expectativas. Uma relação necessita que os dois estejam envolvidos, disponíveis e comprometidos e, caso não estejam, um dos dois sofrerá. 
 
3- Não desaparecer simplesmente 
Algumas pessoas optam por esse gesto imaturo e indelicado, gerando frustração, insegurança e fantasias naquele que foi abandonado. Deixando sem explicação alguém que acreditava estar em uma relação ou pelo menos começando uma. Seja maduro e apenas diga que não quer mais continuar, assuma seu posicionamento e converse, afinal está no seu direito não querer estar junto, mas é também um cuidado comunicar sua decisão. 
 
4- O namoro é produto de um “trabalho a dois” 
Então não cometa o erro de responsabilizar o outro quando não der certo. O final nunca é culpa apenas de um dos lados, mas a escolha pelo término pode ser. Se o desejo é terminar diga o que sente, pode ser que esteja desgastado, desanimado ou que simplesmente não goste mais. Exponha o que sente e se responsabilize pelos seus sentimentos. 
 
5- Faça uma escolha 
É comum em sites de relacionamentos conhecer algumas pessoas ao mesmo tempo e sair com mais de uma por um período. É necessário ter cuidado nessa situação e caso conheça uma outra pessoa por quem se sinta mais atraído, apenas faça uma escolha por uma delas. Não diga que existe um outro pretendente no circuito, pois essa é uma informação desnecessária que entristece, frustra e gera menos valia. Diga que tentou, que a considera interessante, bacana, mas que ainda não é o momento de se envolver. Acima de tudo não adie a conversa para que o outro não sofra ainda mais. 
 
6- Nunca deixe o outro na dúvida por medo de machucar ao dizer a verdade 
O que para um seria apenas uma amizade, para o outro já poderia ser o início de uma possível relação. Se surgir esse desencontro seja honesto e diga abertamente, assim aquele que está mais envolvido emocionalmente será protegido de uma frustração ainda maior e se sentirá respeitado. Algumas vezes por medo de como o outro reagirá algumas pessoas adiam essa colocação. Diga que percebe uma diferença no que sentem e que não quer correr o risco de magoar e assim prefere terminar do que decepcionar. 
 
Essas foram algumas sugestões para amenizar uma situação que é sempre muito delicada. Mesmo sendo cuidadoso, o mais importante é se colocar no lugar do outro e tentar compreender como ele se sente, olhar pelo seu ponto de vista. Buscar empatia com aquele que está ao seu lado é a melhor forma de evitar rupturas traumatizantes. Reflita antes de tomar essa atitude, use de experiências passadas, o que já ouviu, o que já te disseram e o que já foi dito por você, o que magoou e o que foi mais fácil. Escolha suas palavras de forma que elas reduzam a dor e o impacto na vida do outro e mais que tudo, nunca perca o respeito por aquele que está ao seu lado.

Category: