Seja Bem Vindo ao site Cheio de Esperança

Seus filhos merecem ter de você um bom uso da língua

Rádio Advento | 11:00 AM |

Seus filhos merecem ter de você um bom uso da língua


Pv. 15.1-6: A língua benigna é árvore de vida, mas a perversidade nela deprime o espírito.
 
Comentários furtivos ou premeditados sobre os ausentes e presentes podem alimentar tendências boas ou ruins no coração de um ouvinte constante. O caráter dócil de uma criança, por exemplo, pode ser construído com palavras de apreciação, elogios e incentivos. 
 
Do outro lado, o comportamento iracundo pode ser resultado de palavras depreciadoras, de criticas exageradas e de muita gritaria que uma alma ainda em formação presenciou.
 
Procure enriquecer seu vocabulário com adjetivos que alimentem a dignidade de seu filho. Faça isto até mesmo ao repreender ou disciplinar sem envergonhá-lo na frente das visitas. Não basta apontar o erro, é preciso mostrar como acertar. 
 
Fonte de vida é a língua de quem age desta forma, mas a língua maldosa mata a alegria, a esperança e o empreendorismo. 
 
Salomão se preocupou com o cultivo de boas palavras. Do tipo que semeia a paz onde a contenda prevalece, a união onde a intriga tem grande fluência e a alegria onde o sentimento de luto insiste em permanecer. A palavra branda continua desviando o furor, enquanto a palavra dura alimenta a fogueira da ira.
 
O coração iracundo é altamente inflamável, assim como o do soberbo inflável quando exposto ao elogio e o do complexado murcha diante de uma critica. Cuidado com o que fala para o seu filho. O coração abastecido, continuamente, de combustível batizado engasga na subida e não acelera durante uma ultrapassagem. Este é o motivo pelo qual a Bíblia recomenda aos pais que não provoquem seus filhos a ira.

Category: