Seja Bem Vindo ao site Cheio de Esperança

E depois que Deus responde?

Rádio Advento | 10:06 AM |


A resposta de Deus à oração não é a cortina final que se fecha sobre um episódio de nossas vidas. Antes, é o abrir da cortina para o ato seguinte. A parte mais importante da oração é o que fazemos com as respostas de Deus e como Suas respostas nos afetam.
Deus nunca tencionou que a resposta à oração fosse um fim em si mesma. Ele espera muito mais do que uma reação emocional – alegria, decepção ou raiva – à Sua resposta. Espera que estejamos preparados para agir ou ser o objeto da ação de Sua resposta às nossas orações.
A resposta de Deus à oração é o meio que Ele usa para cumprir a Sua vontade aqui na terra. A forma como Ele responde nos revela Sua vontade soberana, seu plano, seu raciocínio e Sua perspectiva sobre a questão. Precisamos perguntar: “O que Deus espera fazer cumprir com esta resposta?”
Parece que damos tanta ênfase aos nossos pedidos de oração, e depois às respostas de Deus, que nos esquecemos do que Ele pretende que façamos com as respostas. A maioria de nós faz uma oração específica, recebe uma resposta – seja ou não do nosso agrado – e considera o caso encerrado. Em nossos cadernos de oração, anotamos o pedido e depois na frente dele – com finalidade alegre ou resignada – registramos a resposta quando ela vem. Mas Deus não considera o caso encerrado. Ele abre toda uma área nova de ação pela resposta que dá. Nossa reação à sua resposta deveria ser: “E agora, Senhor?”
Segundo Jeremias 33:3, existe outro passo, algo depois da oração e depois da resposta: “Clama a Mim, e responder-te-ei e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes, que não sabes”.
A comprovada promessa de Deus a Jeremias tem três partes, não o nosso enfoque duplo normal de “nós invocarmos” e “Ele responder”.
Raramente Deus carimba “caso encerrado” quando responde a uma de nossas orações. Antes, é geralmente o que ocorre após Ele responder que transforma vidas. – Evelyn Christenson

Category: