Seja Bem Vindo ao site Cheio de Esperança

Prazer duradouro

Rádio Advento | 8:40 AM |


Tu Me farás ver os caminhos da vida; na Tua presença há plenitude de alegria, na Tua destra, delícias perpetuamente. Sal. 16:11.
Pesquisadores de uma famosa universidade do Leste americano estudaram fatores de motivação nos macacos. Escolhendo um macaco macho para a experiência, eles colocaram-no em uma jaula e começaram um processo de registrar cuidadosamente suas observações. Eles observaram os padrões de alimentação, de sono e de sexualidade. Também observaram como esse macaco cuidava dos filhotes.
Então, fixaram um eletrodo no cérebro do macaco, o qual, quando estimulado, dava ao macaco uma sensação de prazer. O pesquisador ensinou o macaco a apertar o botão do prazer. Agora, o macaco tinha a chave para a felicidade – um botão do prazer.
O macaco logo ficou obcecado com o prazer. Passou a ignorar o filhote, a comida e até a parceira. O maior objetivo do macaco passou a ser o prazer, estimular os terminais nervosos, fazer aquilo que fazia com que se sentisse bem. Finalmente, de tanto se divertir, o macaco teve um colapso. O excesso de estímulo acabou matando o macaco.
O pecado é por demais parecido com aquele botão de prazer. Ele produz uma ilusão de prazer. Se não fosse assim, ninguém pecaria. O problema é que o prazer não é somente passageiro; ele é destrutivo.
Quando a bolha estoura, o desânimo inunda a alma. Felizmente, a alegria de Jesus é eterna. A alegria profunda e interior de Deus é duradoura. O salmista chamou Deus de sua “grande alegria”. Sal. 43:4. Isaías afirma que Deus lhe dará o “óleo de alegria”. Isa. 61:3. Jeremias chamou a Palavra de Deus de “gozo e alegria para o coração”. Jer. 15:16. Jesus diz que Sua alegria permanece em nós (João 15:11). Paulo ora para que seus leitores sejam cheios de “gozo e paz no vosso crer”. Rom. 15:13. Tiago diz que devemos ter “por motivo de toda alegria” passar por provações (Tia. 1:2).
Nosso Senhor oferece muito mais do que um prazer temporário, efêmero e ilusório. Ele oferece a alegria profunda e duradoura da Sua presença agora e por toda a eternidade. Uma coisa é certa – não existe em lugar algum alegria como esta.
Pr. Mark Finley – Sobre a Rocha.
Fonte : Sétimo dia

Category: