Seja Bem Vindo ao site Cheio de Esperança

Breve ensaio sobre a ansiedade

Rádio Advento | 2:28 AM |


“Alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, perseverai na oração.” Romanos 12:1.
Ansiedade é quando se tem compromisso marcado e se conta os muitos minutos para que ele chegue. É viver notória infelicidade costurada à solidão da dependência. Nada é tão lamentável e nocivo como antecipar a dor para nós mesmos. A palavra de Deus nos exorta a não ficarmos ansiosos por coisa alguma. Até entendemos isso, mas entre o discurso e a atitude muitas vezes existe um oceano de palavras.
Na ansiedade se refuta a inteligência. Marca-se o tempo e vive-se nele, não com ele. Tudo parece um livro de desenhos para colorir que não se colore. Você até carrega as cores para dar vida ao desenho, mas não faz de sua vida um arco-íris. Seu mundo fica sem cores e apenas o cinza sobrevive.
Ansiedade é a diferença entre o tempo do querer de Deus e o tempo do nosso próprio querer. É muitas vezes perguntarmos por que e não para quê.
Ansiedade é a insegurança que, em algum tempo, sente seu medo. E nela não só vive como se alimenta. É por um momento desacreditar em nós mesmos. É duvidar, inclusive, de Deus.
Já aprendi que não devo correr atrás da felicidade o tempo todo, mas posso o tempo todo correr para longe da ansiedade e descansar em Cristo. Acredito que a sensação de plenitude no Senhor Jesus compense tudo e seja mais do que tudo.
Muitas vezes queremos dizer tudo que sentimos e pensamos sem ter que avaliar nada. Queremos não ter que abrir mão de amigos especiais, momentos mágicos, pessoas importantes. Também não desejamos encerrar ciclos sem ter que perder o que foi bom…
Isso tudo gera ansiedade e para não ser refém dela, o que falta para nós?
Falta descobrir aprender a esperar. Falta pacificar o coração e deixá-lo mudo para a murmuração. Falta aprender quase tudo de tudo um pouco e, principalmente entender que toda esperança não deve parecer angustiante, mas sim, alimento para um espírito mais forte. Falta também pegarmos nossos medos, problemas, sofrimentos e tudo aquilo que nos impede de confiar em Cristo e tirar de nossas vidas. Falta ainda se arrepender do que fizemos e fazemos um para o outro, falta olharmos para as pessoas como se fossem reflexos de nós, falta entender ainda que a ansiedade não traz, leva sua paz, sua vida, seu tempo, seu coração.
Comecemos agora mesmo a se desfazer de tudo que nos incomoda e descansemos em Jesus.
É preciso, então, ter coragem para se livrar de tudo aquilo que durante muito tempo construímos em cima de areia e começar a edificar sobre a rocha Viva. É preciso ter coragem para dar uma chance a nós mesmos, é preciso ter coragem para seguir em frente sem medos, é preciso ter coragem para não fraquejar no primeiro obstáculo.
Queridos, corramos todos os riscos de sermos diferentes e menos ansiosos. Creio que uma nova vida nos aguarda.
Fonte : Novo Tempo

Category: