Seja Bem Vindo ao site Cheio de Esperança

3 formas para reconhecermos nossos esforços ao final do dia como mães

Rádio Advento | 5:30 AM |

Se você é do tipo de mãe que ao final do dia sente que não fez nada, que não está fazendo uma diferença, e que não tem sido produtiva, muito provavelmente este artigo é para você.

Se você é do tipo de mãe que ao final do dia sente que não fez nada, que não está fazendo uma diferença, e que não tem sido produtiva, muito provavelmente este artigo é para você. Como mães, às vezes temos tendência a menosprezar as coisas que fazemos durante o dia, temos uma ideia na cabeça de como se comporta a mãe perfeita, e o que ela faz. Em poucas palavras temos a ideia de uma casa impecável, nós sempre bem arrumadas, nossos filhos arrumados e bem comportados, comida sempre feita em casa e nunca comprada, um desempenho perfeito. A realidade é que poucas - se é que existe alguma - podem fazer todas essas coisas diariamente e manter sua sanidade.

Então, se você quer manter essa sanidade que é perdida quando se tenta fazer o impossível, é hora de aprender a apreciar seus esforços, sejam eles grandes ou pequenos. Quando aprendemos a valorizar o que fazemos durante a rotina do dia é muito mais fácil desfrutar nosso papel como mães e também a companhia de nossos filhos. Da mesma forma, valorizar nossos esforços ajuda a sentirmo-nos seguras sobre nós mesmas e nosso potencial. A seguir estão 3 conselhos que podem ajudá-la a acabar com esses sentimentos tão debilitantes e sentir-se mais satisfeita consigo mesma ao final do dia.

Liste as coisas que fez durante o dia: Isso ajudará às mães que se sentem especialmente deprimidas, pois as ajuda a ver realmente todas as coisas que têm feito. Esse passo inclui absolutamente todas as suas ações. Não somente as que você considera importantes, mas inclui desde levantar-se da cama até alimentar seus filhos, ou acompanhá-los ao ponto de ônibus para ir à escola, entre outras coisas. Este exercício realmente nos ajuda a ver o quanto fazemos durante o dia, e que nenhuma mãe não fez nada durante o dia.

Reconheça as coisas que você fez durante o dia que dão trabalho: Como mães, às vezes fazemos coisas que realmente não queremos fazer, seja por falta de motivação, pelo cansaço que sentimos, ou porque não gostamos de fazê-las, mas as fazemos do mesmo jeito. Quando estiver fazendo um trabalho ou tarefa que não goste, aproveite para se parabenizar por estar fazendo aquilo mesmo assim. Ser mãe é uma função cheia de obrigações desse tipo, e isso implica que em um momento ou outro estamos não somente sendo produtivas, mas também fazendo algo que seria muito mais fácil evitar.

Aprecie seus pequenos esforços: Com todas as responsabilidades que temos como mães é fácil cair na armadilha de que temos que fazer tudo perfeitamente. Não acredite nessa mentira, aprecie as pequenas coisas que você faz, inclusive aquelas que são imperfeitas aos seus olhos. Por exemplo, se o dia foi difícil e você está esgotada e compra pizza para o jantar não sinta que você falhou como mãe; ao contrário, sinta-se orgulhosa porque mesmo com tanto estresse e exaustão você encontra um meio de alimentar sua família. Lembre-se que seus pequenos esforços são não apenas importantes, mas essenciais para sua família.

A perfeição é uma ilusão, mas é uma ilusão tão real que às vezes não nos permite sentir satisfeitas com o que somos como mães e com o que trazemos para a família. Decida hoje que, seja grande ou pequeno, o que você faz é importante; que você é essencial em sua casa e que por isso seus esforços têm um mérito que não se pode pagar, medir, compensar. Lembre-se enquanto se arruma para dormir, e pense sobre o que você fez durante o dia, que o seu melhor, mesmo que você ache que seja algo pequeno, sempre será o que sua família irá receber.

Por ; Denhi Chaney

Category: