Seja Bem Vindo ao site Cheio de Esperança

A Resposta.

Daniele Soares lima | 12:09 PM |

















Então, se dispôs, e seguiu a Elias, e o servia. 1 Reis 19:21

Durante os três anos e meio de seca e fome, a família de Safate tinha se relacionado com a missão de Elias, o profeta, e o Espírito de Deus impressionou o coração de Eliseu quanto ao significado do ato do profeta [de colocar seu manto sobre ele]. Isso foi para ele o sinal de que Deus o havia chamado para ser o sucessor de Elias. Eliseu foi rapidamente atrás do profeta e, alcançando-o, pediu permissão para se despedir de seus pais e familiares.

A resposta de Elias foi: “Vai e volta, pois já sabes o que fiz contigo” (1Rs 19:20). Isso não foi uma recusa, mas um teste. Se o coração dele se apegasse ao lar e suas vantagens, estaria livre para permanecer ali. Mas Eliseu se havia preparado para ouvir o chamado de Deus. [...]

Se Eliseu tivesse perguntado a Elias o que se esperava dele – qual seria sua obra – teria recebido a seguinte resposta: “Deus o sabe; Ele o fará conhecido de ti. Se esperares no Senhor, Ele responderá a todas as tuas inquirições. Podes vir comigo, se tens a evidência de que Deus te chamou; senão, ‘fica-te aqui’. Não venhas simplesmente porque eu te chamei. Sabe que Deus está te sustentando, e que é a voz dEle que ouves. Se podes considerar todas as coisas como escória, para que possas ganhar o favor de Deus, vem.” [...]

O chamado de Elias [a Eliseu] fora semelhante à comissão de Cristo ao jovem rico para que deixasse tudo – casas, terras, amigos, riquezas, conforto e tranquilidade para ir e segui-Lo. [...] Entretanto, com o chamado de Cristo vem a pergunta: Estamos prontos para avançar? Estamos dispostos a segui-Lo? Vamos nós, assim como Moisés, alegremente considerar “o opróbrio de Cristo por maiores riquezas do que os tesouros do Egito” (Hb 11:26)?

Deus não aceitará um trabalho pela metade. Aqueles que amam fazer a vontade de Deus podem realizar um trabalho perfeito. [...] Se prosseguirmos em conhecer ao Senhor, com disposição e alegria, saberemos que “como a alva, a Sua vinda é certa” (Os 6:3). Se decidimos obedecer a Cristo, devemos responder ao Seu chamado: “Se alguém quer vir após Mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-Me” (Mt 16:24). [...]

A obra de Deus é perfeita em todas as suas partes [...] e é importante que o obreiro de Cristo leve Seu Mestre consigo onde quer que trabalhe. Tudo o que for que seja feito, deve ser executado com uma exatidão e esmero que resista à inspeção. O coração deve estar na obra (Youth’s Instructor, 21 de abril de 1898).

Category: