Seja Bem Vindo ao site Cheio de Esperança

Oração do abandono

Rádio Advento | 4:12 AM |

rosa_abandonadaEm Tuas mãos, ó Deus, eu me abandono. Vira e revira esta argila, como o barro na mão do oleiro. Dá-me forma e depois, se quiseres, esmigalha-me como se esmigalhou a vida de John, meu irmão.
Manda, ordena. “Que queres que eu faça? Que queres que eu faça?”
Elogiado e humilhado, perseguido, incompreendido e caluniado, consolado, sofredor, inútil para tudo, não me resta senão dizer a exemplo de Tua mãe: “Faça-se em mim segundo a Tua Palavra”.
Dá-me o amor por excelência, o amor da Cruz; não o da cruz heroica que poderia nutrir o amor-próprio; mas o da cruz vulgar, que carrego com repugnância, daquela que ser encontra cada dia na contradição, no esquecimento, no insucesso, nos falsos juízos, na frieza, nas recusas e nos desprezos dos outros, no mal-estar e nos defeitos do corpo, nas trevas da mente e na aridez, no silêncio do coração. Então somente Tu saberás que Te amo, embora eu mesmo nada saiba. Mas isto basta.
Robert-Kennedy

(Oração escrita de próprio punho e recitada diariamente por Robert Kennedy. Foi encontrada no bolso do seu paletó por ocasião do seu assassinato)

Category: