Seja Bem Vindo ao site Cheio de Esperança

Seja um crente de oração!

Rádio Advento | 4:35 AM |

menino_orando

Confesso que a oração é um dos temas que mais me fascina na caminhada cristã. Tenho vários livros sobre o assunto e sempre estou à procura de mais informações sobre a linha de comunicação aberta pelo Criador para ouvir e falar com Seus filhos. Porém, não foi preciso muito tempo para entender que apenas conhecer a visão bíblica ou teológica sobre o assunto não me tornará um crente de oração. Mais do que estudar, é preciso orar. E esse é o desafio!
Sabemos que a oração eficaz é aquela que brota naturalmente. Não está limitada pelo tempo, ocasião ou necessidade. A alma transborda gratidão; o coração suplica, sem máscaras, subterfúgios ou interesses mesquinhos. A linha sempre está liberada, a conexão nunca cai, os créditos nunca acabam.
É preciso criar o hábito de orar. À primeira vista, a recomendação paulina parece assustadora: “Orai sem cessar” (1 Tes 5:17 ARA). Não é uma ordem pesada ou impossível de se cumprir. Pelo contrário! É um prazer! Para isso a mente precisa manter-se conectada o tempo todo, desde o despertar. O primeiro pensamento deve ser direcionado ao Criador. “De manhã ouves, SENHOR, o meu clamor; de manhã te apresento a minha oração e aguardo com esperança” (Sl 5:3 NVI).
Adquiri o hábito de orar nas madrugadas. Como é bom! Isso ajuda a manter uma conexão contínua e constante durante as demais horas do dia. Esse era o segredo de Jesus. Ele “estava em constante oração. O Salvador identificou-Se com nossas necessidades e fraquezas, a ponto de tornar-Se um suplicante, buscando no Pai novos suprimentos de força, a fim de que pudesse sair fortalecido para enfrentar Seus deveres e provações. Ele é nosso exemplo em todas as coisas. É um irmão em nossas fraquezas, pois ‘como nós, em tudo foi tentado’, mas sendo Aquele que nunca pecou, Sua natureza repelia o mal. Ele suportava as lutas e torturas de um mundo cheio de pecado. Sua humanidade fez da oração uma necessidade e um privilégio. Encontrava conforto e alegria na comunhão com o Pai. E se o Salvador da raça humana, o Filho de Deus, sentia a necessidade de oração, quanto mais deveriam frágeis e mortais pecadores sentir a necessidade de constante e fervorosa oração” (Esperança para Viver, p. 82).
Toda grande caminhada começa com o primeiro passo. Assim, é preciso orar. Mesmo que falte a vontade, necessidade ou disposição, mesmo que você tenha a impressão de que a oração não ultrapassa o teto do lugar onde está. Comece dizendo ao Pai que você não sabe orar, que não consegue dizer as palavras que acha serem as corretas. Vá abrindo o coração lentamente, sem pressa. Como escreveu Ellen White: “a oração é abrir do coração a Deus como a um amigo. Não que isso seja necessário para que Deus saiba quem somos, mas para nos habilitar a recebê-Lo. A oração não faz Deus descer até nós, mas eleva-nos a Ele” 
(idem, p. 82).(Texto extraído do meu livro “Minha vida de oração”.)
Via : Amilton Menezes

Category: