Seja Bem Vindo ao site Cheio de Esperança

Angelina Jolie retira seios para se livrar de câncer.

Rádio Advento | 8:27 AM |

Amor de mãe: Angelina Jolie dá exemplo.
Amor de mãe: Angelina Jolie dá exemplo.
A atriz Angelina Jolie, de 37 anos, anunciou ter se submetido a uma mastectomia dupla (retirada dos seios). Ela tinha um risco de 87% de desenvolver câncer de mama e de 50% de ter câncer de ovário. A retirada dos seios começou em fevereiro e foi completado em abril. Jolie explicou ao jornal americano “The New York Times” que sua mãe lutou contra o câncer por quase uma década e morreu aos 56 anos.
Ela procurou garantir aos seus filhos que a mesma doença não a tiraria deles. Elogiou seu companheiro, o também ator Brad Pitt, por seu amor e apoio durante o procedimento, e disse que seus filhos não encontraram nada nos resultados “que os deixem desconfortáveis”. De acordo com Angelina Jolie, suas chances de desenvolver câncer de mama agora caíram de 87% para menos de 5%.
“Eu me sinto segura de que fiz uma escolha dura e que de maneira nenhuma diminui minha feminilidade”, disse ela. “Para qualquer mulher que esteja lendo isso, espero que isso ajude você a saber que tem opções”, afirmou. “Quero estimular cada mulher, especialmente se você tem um histórico familiar de câncer de mama ou de ovário, a procurar informações e especialistas médicos que podem lhe ajudar nesse aspecto de sua vida e a fazer sua própria escolha informada”, comentou a atriz, mãe de seis filhos. Ppublicado no (Folha.com).
Segundo tipo mais frequente no mundo, o câncer de mama é o mais comum entre as mulheres, respondendo por 22% dos casos novos a cada ano, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA). Mais de 70% dos casos no País são diagnosticados tardiamente, quando o tumor atingiu mais de cinco centímetros. Nesse estágio apenas 30% das mulheres são curadas.
info-cancer-mama.gifÉ importante ressaltar o amor de Angelina Jolie pelos filhos e o amor de Brad Pitt por ela. Nessa família, todos se amam.
A seguir, vamos responder uma perguntinha sobe o uso de prótese de silicone, a reflexão não está ligada diretamente ao caso de Angelina Jolie, é somente para se pensar um pouco mais sobre um assunto que, para muitos crentes, é um tabu.
“Eu não me sinto bem em relação ao meu corpo, não se trata apenas de uma vaidade, seria condenável a correção desse defeito se eu me submetesse a uma plástica e fosse usado o silicone?”
É preciso avaliar todos os impasses com os quais nos deparamos em termos de certo ou errado, à luz dos princípios bíblicos. Aqui temos envolvido o chamado princípio da modéstia cristã. O que é isso? Esse princípio é fundamentado em textos como 1 Pedro 3:3.
Aqui temos outro ponto: o cristão é não apenas alguém modesto no vestir e no cuidado com seu próprio corpo, mas é alguém feliz, com uma forte auto-estima, sentindo-se bem consigo mesmo porque considera que Cristo fez o máximo sacrifício por ele, independente de como é seu corpo! Se Cristo me ama como sou, não há porque eu também não me amar!
Ora, se um problema qualquer faz com que os cabelos de uma boa cristã comecem a cair, está errado ela buscar um tratamento para reverter isso? Se um problema qualquer estraga a pele de um bom cristão, está errado ele buscar o tratamento para mudar isso? Não, claro que não! Jesus não disse aos aleijados, aos com mãos ressequidas, aos cegos e leprosos que eles deveriam desenvolver uma boa auto-estima apenas por Ele os amar. Ele conhece nossas dores e sabe que nossa felicidade é constituída de diversos fatores, entre eles, a auto-aceitação.
A implantação de uma prótese de silicone é pecado? A resposta pode ser que sim, pode ser que não. Se você estiver buscando não chamar a atenção de todos, mas a simples reparação de uma característica física que lhe entristece, se você estiver buscando ajustar algo que interfere na sua auto-aceitação, ora, isso não seria pecado algum. Não se trata do tipo nocivo de vaidade, mas da porção saudável dela. Quem sabe o que você quer com isso é apenas você.
Seja feliz!
J.Washington
Fonte : Novo Tempo

Category: