Seja Bem Vindo ao site Cheio de Esperança

Deus seja louvado. Qual é a forma física de Deus?

Rádio Advento | 3:30 AM |


Quem é o senhor de sua vida?
Quem é o seu Deus?
Aleluia! A Justiça negou ontem (29) o pedido para retirar a expressão “Deus seja louvado” das cédulas do real feito pelo Ministério Público Federal de São Paulo. A menção a Deus nas notas do real “não parece ser um direcionamento estatal na vida do indivíduo que o obrigue a adotar ou não determinada crença”, afirma a decisão sobre a ação. “Assim como também não são os feriados religiosos e outras tantas manifestações aceitas neste sentido, como o nome de cidades”. A sentença é da 7ª Vara da Justiça Federal. Os custos de divulgação de uma possível alteração nas cédulas podem chegar a R$ 12 milhões, estima o Banco Central. O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), responsável pela inclusão da frase nas cédulas em 1986, classificou a ação do Ministério Público como “falta do que fazer”.
Deus deseja ser adorado não só em palavras, mas também em ações. Alguns louvam com os lábios e o coração está longe do Senhor. Você sabe como como é a forma física de Deus? Ele é um Ser real, ou uma “forma de energia”?
Existem diferentes ensinamentos sobre a “forma de Deus”. Muitos dizem que Ele é simplesmente uma “energia” (ideia mais espiritualista) que comanda o universo, outros, afirmam que Ele existe “dentro de cada um” (panteísmo). É muito lógico que alguém saiba descrever-se a si mesmo melhor que qualquer um. Portanto, vamos deixar que Deus, através de Sua Palavra, no diga “como” Ele é:“Façamos o homem á nossa imagem, conforme a nossa semelhança…” (Gn 1:26- primeira parte)
Podemos ver que as Escrituras são claras em afirmar que o homem foi feito à “imagem e semelhança de Deus”. Se Deus fosse apenas uma “luz”, nós também teríamos de ser “lusinhas a pairar” no ar. Tenho certeza que, ao se olhar no espelho, nenhuma pessoa (em perfeito estado de saúde mental ou espiritual) não enxerga refletida uma “luz”, mas um ser real. Detalhe importante: na afirmação de que somos “à imagem dEle”, também estão subentendidas a capacidade de pensar, amar, ter livre-arbítrio.
Precisamos entender que, mesmo sendo à imagem de Deus, a Bíblia não diz que somos “iguais” a Ele. Deus é espírito (Jo 4:24), e isto quer dizer que Ele é um Ser espiritual (o que não significa impessoalidade). Certo é que Deus não pode ser examinado em laboratório (se o fosse, não seria Deus) e só O entenderemos melhor na eternidade. Na Bíblia podemos claramente ver um Deus realpessoal:
• “Disse Deus” (Gn 1:3) – Se Deus disse, é porque Ele Fala, se fala, tem uma boca, se tem uma boca, tem um rosto…
• “Quando ouviram a voz de Deus, que andava…” (Gn 3:8). Se Deus andava, é porque Ele tinha pés;
• Deus falava boca a boca com Moisés (Nm 12:8);
• A Bíblia diz que Moisés viu a forma corpórea de Deus, sendo que o profeta viu Deus pelas “costas(Êx 33:18-23);
• Isaías viu a forma corpórea do Criador (Is6:1-6) e disse que Ele possuía vestes compridas”(verso 1);
• Ezequiel viu Deus, e disse que Ele era “semelhante a um homem, sentado em um trono” (Ez 1:26-28)
Existem muitos outros textos sobre o assunto, mas creio que estes são suficientes para compreendermos que Deus é um ser pessoal que quer se relacionar conosco! (2 Co 13:13).
Nosso Criador é infinitamente mais do que uma “luz” ou “forma de energia”. É um Ser real, pessoal, que criou o homem à Sua imagem e semelhança e que, na eternidade, nos dará a oportunidade de vermos a face dEle! (Ap 22:4). Não é maravilhoso sabermos que temos um Deus que é um Pai presente, que nos ama (Jo 16:27), em Quem podemos nos apegar e encontrar a saída para a solução de nossos problemas? (Mt 11:28-30).
Seja feliz!
J.Washington

Category: