Seja Bem Vindo ao site Cheio de Esperança

Diálogo aberto para uma relação harmoniosa

Rádio Advento | 8:30 AM |

Diálogo aberto para uma relação harmoniosa


A vida a dois nem sempre é uma mar de rosas. Por mais que o casal tenha um bom relacionamento, os conflitos fazem parte da relação. E para lidar com os embates do dia a dia, é importante que haja um diálogo aberto. Assim, é possível acabar com grande parte dos problemas de uma relação amorosa.
Para a psicóloga Fátima Bittencourt, diretora do Grupo Sanare, as brigas são comuns num relacionamento amoroso. “É difícil que não haja pelo menos uma discussão vez por outra, portanto, é importante não deixar acumular a falta de diálogo para o equilíbrio do casal”, aconselha.
De acordo com a especialista, atitudes como falar o que está acontecendo consigo, parar para ouvir, não viver reclamando, não falar com raiva, não falar ou responder com rispidez e agressividade pode contribuir para a manutenção da harmonia na relação.
“No tocante ao casamento, entendemos que a comunicação pode fluir de forma íntima e verdadeira se houver entre o casal uma base sólida de companheirismo, compreensão, cumplicidade e confiança, a ponto de poder expor para o outro, sem ter medo, o que está acontecendo em sua mente e coração”, explica Fátima.
De acordo com a psicóloga, os erros mais comuns cometidos por casais durante uma discussão é o aumento do tom da voz, julgamentos precoces e as agressões físicas e morais. Portanto, é necessário que ambos estejam empenhados em garantir a harmonia da relação, buscando o equilíbrio.
“A maneira como falamos ou respondemos ao nosso cônjuge é muito importante. Se a sua palavra sempre for agradável e temperada, as brigas dificilmente levarão a feridas emocionais e ao ódio. Por isso, sempre prefira falar ou reagir com sabedoria e delicadeza, ao invés de rispidez e agressividade”, finaliza a especialista.
Evite brigas, tenha uma relação saudável
Não se precipite. Exerça domínio próprio a ponto de ouvir, com equilíbrio emocional, tudo o que seu cônjuge tem para lhe dizer;
Não cometa o erro de interromper, porque isso poderá irritar;
Não peça, impaciente, que se fale com calma porque isso é uma incoerência;
Avalie sempre o que vai dizer;
Não use o silêncio como resposta, porque isso poderá fazer com que o outro pense que está certo, ou que você o está menosprezando;
É necessário falar, mas é importante avaliar primeiro o impacto que suas palavras irão causar.

Category: